PALAVRA PASTORAL
Ensina a criança no caminho em que deve andar ... (Pv.22:6)
Na adolescência, de forma geral, as mudanças físicas têm um caráter universalizado, enquanto mudanças psicológicas e relacionais se dão por inúmeras variáveis.

Talvez poucos saibam que as mudanças mais radicais na adolescência estejam associadas ao cérebro. Alguns podem se opor a essa tese alegando que “adolescentes não têm cérebros". Acredite ou não, há um fundo de verdade nesta afirmação. Até há pouco tempo não havia muitos estudos que pudessem explicar o que acontece com o cérebro de um adolescente entre as idades de 12 e 20. Mas recentes pesquisas têm fornecido alguns resultados conclusivos e perspicazes.

Você já ouviu falar do "lobo frontal"? O lobo frontal fica logo atrás da testa. Este é o lugar onde a razão e a emoção se encontram. No cérebro, esses dois conceitos são inseparáveis, pois toda atitude ou decisão (como ir a uma festa) ativa as moléculas envolvidas com sentimentos (ansiedade, alegria ou mesmo raiva, se você não queria sair de casa).

O lobo frontal ajuda a raciocinar e capacita a pesar consequências e controlar impulsos. Bem, o fato é que na adolescência, o lobo frontal está em desenvolvimento, o que significa que os adolescentes tendem a confiar nas emoções e de modo rápido e fácil cedendo aos impulsos. É por isso que adolescentes assumem maiores riscos com pouca reflexão sobre as consequências - como dirigir em alta velocidade ou praticar esportes radicais.

Este é o motivo pelo qual adolescentes precisam de limites que os afastem dos impulsos perigosos e de ajuda na tomada de decisões. Na prática, você é "lobo frontal" de seu filho adolescente até a maturidade que se dá na pós-adolescência. Os cérebros dos adolescentes não ficam maiores à medida que eles crescem. As células cerebrais, chamadas neurônios, estão simplesmente se reorganizando, fazendo novas conexões, e podando o que é desnecessário para acelerar e redirecionar o fluxo do pensamento.

Outros estudos têm relatado recentemente que cada célula do cérebro são recriadas e religadas entre as idades de 12 e 20.Tudo isso é para dizer que os anos da adolescência são literalmente um tempo de "insanidade temporária". Não quero desculpar o comportamento ruim, mas temos de perceber o quão desesperadamente os nossos adolescentes precisam de nós durante esses anos e como eles são vulneráveis sem a nossa ajuda.

É fato médico, científico. Os adolescentes são submetidos a reconstrução mental, e isso deve chamar pais, professores e líderes para um novo nível de consciência e supervisão.

Muito antes desses estudos médicos, a Palavra de Deus já orientava a nos envolvermos num treinamento espiritual durante estes anos.Ensine-as (palavra de Deus) com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Amarre-as como um sinal nos braços e prenda-as na testa. Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões. Deuteronômio 6:7-9Provérbios 22:6 ensina: "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele."Aqui é onde a pesquisa médica fica aquém. Que melhor momento para enraizar a Verdade do que durante os mesmos anos, quando novas células cerebrais estão sendo desenvolvidas e religadas? Que melhor lugar para instalar o "novo software" do que em um disco rígido fresco? Que melhor momento para desenvolver novos hábitos, novos padrões de vida, e uma forte base de sabedoria e de entendimento bíblico? Estes são os melhores anos para aumentar o desenvolvimento espiritual.

Quando os nossos filhos se tornam adolescentes somos tentados a acreditar que o nosso trabalho como pais está chegando ao fim. Nada poderia estar mais longe da verdade! Esses anos são quando eles estão mais vulneráveis, mas também mais receptivos e impressionáveis. Não há melhor momento para impressioná-los com a Palavra de Deus e Sua verdade, por isso devemos implantar a Palavra de Deus diligentemente, apaixonadamente, e constantemente.

Que Deus conceda a Sua graça e sabedoria enquanto você trabalha para em favor dos cérebros adolescentes que estão se reformatando em sua casa.Lembre-se: há apenas uma pequena janela de tempo para fazê-lo.

Simples assim.

Pr. Isaias Silva
IBPAZ TESTEMUNHOS
O fato é que eu tinha um diagnóstico "médico" (por 2 médicos) de uma enfermidade chamada "Espondilite Anquilosante" (esta me causava muito sofrimento e dores insuportáveis na coluna e em várias articulações do corpo. No desespero da dor, na fraqueza e ausência de relação com Deus cheguei, inclusive, a suplicar pela mor (...)
Micheline Lopes
IBPAZ DESTAQUES
Pequenos Grupos
CCM
CTRP
Recanto da Paz (Chácara)
Contribuições
Orquestra IBPAZ
CORAL IBPAZ
JOVENS CASADOS
MISSÕES
DEP. INFANTIL
EBD
DIACONATO
ATITUDE TEEN
BATISMO NAS ÁGUAS
Cadastre-se e receba novidades IBPAZ: